Prazo de Entrega do IRS de 2021: Saiba até quando se pode entregar!

Prazo de Entrega do IRS de 2021: Saiba até quando se pode entregar!

Com o novo ano, chega também o novo calendário fiscal. Por isso, preparámos este artigo sobre os prazos de entrega do IRS de 2021 e todas as datas importantes, de modo a que possa saber até quando se pode entrar a declaração sem que apanhe nenhuma multa.

O incumprimento destes prazos estão associados a coimas pesadas e que todos querem evitar. Mas não se preocupe, aqui encontrará todas as datas que precisa para ter a sua vida financeira em ordem.

Para além disso, perderá também o direito a algumas deduções. Por isso, aponte no seu calendário todas estas datas.

Prazo de entrega do IRS de 2021

Prazos de entrega do IRS de 2021

Os prazos mais importantes que deve ter em conta são os da verificação de faturas, os valores das deduções apurados pela Autoridade Tributária, a reclamação dos valores das deduções, a consignação do IVA e do IRS e a entrega das declarações de rendimentos ou IRS automático.

Mês de Fevereiro

Em Fevereiro deverá estar atento a duas datas importantes que iniciam o processo correto dos dados do IRS.

Até ao dia 15:

Tem até ao dia 15 de fevereiro para comunicar o agregado familiar. Se a sua situação familiar ou pessoal se alterou, como:

  • Nascimento de filhos;
  • Divórcio;
  • Filhos que já não são considerados dependentes;
  • Mudança de residência permanente;
  • Morte de cônjuge;
  • etc.

Deverá fazer essa comunico à Autoridade Tributária, no Portal das Finanças. Se não o fizer, serão consideradas as informações apresentados no último IRS.

Se não ocorreu nenhuma alteração no seu agregado, basta verificar se os seus dados estão corretos.

Até ao dia 25:

Tem até ao dia 25 de fevereiro para verificar as suas faturas de despesas, ou dos seus filhos, no e-fatura, no Portal das Finanças.

Deverá também indicar, apenas se obteve rendimentos de trabalho independente no ano anterior e está abrangido pelo regime simplificado, as suas despesas pessoas, profissionais ou mistas.

Mês de Março

Até ao dia 15:

Até ao dia 15 de março, estarão disponibilizados os montantes relativos às deduções à coleta das despesas comprovadas por fatura e outros documentos.

Poderá também consultar outros gastos redutíveis no IRS que efetuou em entidades dispensadas de passar fatura, como as rendas da casa ou propinas de estabelecimentos de ensino público.

Entre 15 a 31 de Março:

Se não concordar com os valores das deduções relativos às despesas gerais familiares, pode apresentar uma reclamação justo da Autoridade Tributária até ao dia 31 de março.

Ainda até ao 31 de março, poderá consignar o IRS, o IVA ou ambos. Podendo escolher a entidade que deseja apoiar com o seu imposto antes de entregar o IRS,

Mês de Abril, Maio e Junho

Entre 1 de abril a 30 de junho:

Entre estes dias deverá fazer a entrega do IRS de 2021 referente aos rendimentos de 2020. Independentemente da sua categoria de rendimentos.

Atenção que este é uma dos prazos do IRS de 2021 que não poderá mesmo esquecer ou falhar.

Se fizer a entrega do IRS em abril ou maio, deverá ter o dinheiro do reembolso à sua disposição até ao final do mês de junho.

Mês de Julho

Até ao dia 31:

Até ao dia 31 de julho, a AT enviará uma nota de liquidação do IRS, isto se o fizer dentro do prazo legal.

Nesse documento consta todas as informações e cálculos do valor do imposto.

Até esta data, é também o prazo limite máximo para o recebimento do reembolso.

Mês de Agosto

Até ao dia 31:

Se tiver que fazer algum pagamento de um imposto adicional, tem até ao dia 31 de agosto para o fazer.

Contudo, se a entrega do IRS foi feita fora do prazo legar, tem até ao dia 31 de dezembro para efetuar esse pagamento.

Por isso, não se esqueça de guardar todas estas datas no seu calendário para não correr o risco do pagamento de coimas desnecessárias.

Esperemos que tenha ficado esclarecido com o prazo de entrega do IRS de 2021 e todas as restantes datas importantes associadas a este imposto.

Prazos de entrega de IRS de 2021 para recibos verdes e trabalhadores independentes

Tal como falamos neste artigo sobre as declarações trimestrais de recibos verdes, existem também prazos a cumprir para os trabalhadores independentes que trabalham com recibos verdes. Na tabela abaixo pode ver todos os prazos de 2021:

Não consegue visualizar esta tabela corretamente? Clique aqui para abrir em imagem.

Mês de 2021Segurança Social
JaneiroEntrega da declaração anual referente ao ano anterior, neste caso de 2020.
Entrega da declaração trimestral do ano anterior (Outubro, Novembro e Dezembro)
FevereiroPode corrigir a declaração trimestral entregue em Janeiro até dia 15 de Fev.
Entrega da primeira contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Fev.)
MarçoEntrega de segunda contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Março)
AbrilEntrega da terceira contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Abril)
Entrega da declaração trimestral do trimestre anterior (Janeiro, Fevereiro e Março 2021)
MaioPode corrigir a declaração trimestral entregue em Abril até dia 15 de Maio
Entrega da quarta contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Maio)
JunhoEntrega da quinta contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Junho)
JulhoEntrega da sexta contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Julho)
Entrega da declaração trimestral do trimestre anterior (Abril, Maio e Junho 2021)
AgostoPode corrigir a declaração trimestral entregue em Julho até dia 15 de Agosto
Entrega da sétima contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Agosto)
SetembroEntrega de oitava contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Setembro)
OutubroEntrega da nona contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Outubro)
Entrega da declaração trimestral do trimestre anterior (Julho, Agosto e Setembro 2021)
NovembroPode corrigir a declaração trimestral entregue em Outubro até dia 15 de Novembro
Entrega da décima contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Novembro)
DezembroEntrega da décima primeira contribuição mensal para a SS (entre 10 a 20 de Dezembro)

Agora que sabe até quando se pode entrar a declaração de IRS relativa ao ano de 2021, não existem motivos para se atrasar na entrega desses documentos e de se sujeitar ao pagamento de coimas elevadas.

Caso tenha mais alguma questão relacionada com o IRS e os prazo limites de entrega que deve cumprir, não hesite em deixar um pequeno comentário neste artigo.

Leia também: