Crédito Urgente de 1000 Euros: Onde Obter?

Segundo o Banco de Portugal, só em fevereiro de 2022 foram pedidos mais de 45 mil créditos pessoais (313 Milhões de euros).

As razões para isso devem-se claro à situação financeira das famílias portuguesas, mas também ao facto de obter um crédito ser algo cada vez mais simples e rápido.

Desta forma, para fazer face a certas emergências financeiras, neste artigo ir-lhe-emos dizer onde e como poderá encontrar um crédito urgente de 1000 euros saudável para a sua carteira.

Como Conseguir 1000 Euros Rapidamente?

Hoje em dia para obtermos um crédito já não necessitamos de nos deslocar a um balcão de um banco. Através da internet conseguimos ficar mais informados, escolher o melhor crédito para a nossa carteira e obter o financiamento em menos de 48 horas em grande parte dos créditos e sem sair de casa.

Realçamos, porém, que para créditos de baixo valor como os créditos de 1000 euros, as respostas costumam ser bastante rápidas ou até mesmo imediatas, mas os mesmos podem variar de financeira para financeira.

Aconselhamos a que, de forma a não atrasar o processo, tenha consigo todos os documentos necessários para a contratualização (iremos referir quais mais à frente).

Qual é o Melhor Crédito Urgente de 1000 Euros?

No mercado, apesar de existirem diversas entidades a disponibilizarem crédito urgente, por vezes os valores mínimos a solicitar rondam os 1.500 € a 3.000 €.

Assim, não são muitas entidades que disponibilizam um crédito 1000 €.

Mas afinal, qual o melhor crédito urgente de 1000 Euros no mercado?

As taxas de juro a pagar poderão variar conforme a entidade, o perfil de risco da pessoa e o prazo de pagamento que pretender, por isso é impossível afirmar qual o melhor crédito para si.

⚠️ Lembre-se: quanto maior o prazo de pagamento, mais caro será o empréstimo.

Porém, com base em simuladores, iremos indicar algumas das entidades a atuar em Portugal que disponibilizam este tipo de crédito com base em diferentes prazos de pagamento:

Crédito Urgente de 1000 Euros a 12 Meses

EntidadePrestação MensalTAEGMTIC
Cetelem87.41 €13 %1.066,52 €
Oney85.18 €7.9 %1.038,12€
Banco CTT87.41 €13 %1.066,52 €

Para um prazo de pagamento de 1 ano, com base na tabela anterior, o melhor crédito urgente de 1000 euros seria concedido pela Oney, com uma prestação mensal de 85,18 € e um custo total para a pessoa de 1.038,12€.

Crédito Urgente de 1000 Euros a 24 Meses

EntidadePrestação MensalTAEGMTIC
Cetelem45.64 €11.2 %1.112,96 €
Oney45.14 €10.1 %1.097,83 €
Banco CTT45.64 €11.2 %1.112,96 €
ActivoBank44.90 €11.6 %1.115,01 €

Como podemos observar nesta tabela, para um prazo de pagamento de 2 anos, a prestação mensal mais barata é o Activobank com 44,90 €.

Contudo, nesta entidade o cliente tem de pagar uma comissão de abertura de contrato inicial, o que faz com que o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) seja superior aos outros.

Logo, o melhor crédito urgente de 1000 euros para um prazo de pagamento de 24 meses seria na Oney.

Destacamos que, existem outras entidades que disponibilizam crédito neste valores, pelo que aconselhamos sempre a uma análise mais profunda ao mercado.

Caso pretenda obter o melhor crédito com base nas suas necessidades e perfil, mas não quer “perder” tempo a analisar todos os concorrentes, poderá sempre fazer uma simulação numa intermediária de crédito. Estes irão encontrar a melhor proposta para a sua carteira por si e sem custos alocados.

Documentação e Requisitos para Obter um Crédito 1000 Euros

Se vai realizar um crédito pessoal precisa reunir alguns documentos essenciais para que a financeira analise o seu perfil. Os documentos vão ajudar a tomar uma decisão positiva ou negativa relativamente ao seu pedido de empréstimo.

Os documentos dependem de pessoa para pessoa, sendo diferentes para trabalhadores por contra de outrem, para trabalhadores independentes e pensionistas.

Trabalhador por conta de outrem

  • Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade;
  • Cartão de Contribuinte;
  • Comprovativo de morada;
  • Últimos 3 recibos de vencimento;
  • Comprovativo de NIB e IBAN.

Trabalhador independente

  • IRS do ano anterior e respetiva nota de liquidação;
  • Comprovativos de ganhos dos últimos 3 meses (nem sempre é necessário);
  • Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade;
  • Número de Contribuinte;
  • Comprovativo de morada;
  • Comprovativo de NIB e IBAN.

Informamos também que em certas entidades, como no caso da Cetelem é possível obter um crédito rápido para reformados / pensionistas. Nesse caso terá de apresentar o Comprovativo de Pensão ou invés dos recibos de vencimento.

Para além disso, pode ainda ser requisitado um fiador, mas apenas caso não estejam a conseguir a aprovação. Porém, para valores tão baixos como 1000 € dificilmente lhe será pedido um fiador, pelo que não se deve preocupar com esse aspeto.

Em relação aos requisitos para conseguir um crédito de 1000 euros, deverá:

  • Ser maior de idade;
  • Residente em Portugal;
  • Ter rendimentos estáveis;
  • Ser titular de uma conta bancária;
  • Não estar na lista negra do Banco de Portugal.

Crédito 1000 € com Cartão de Crédito

Outra forma de conseguir liquidez é através da compra de cartões de crédito.

Existem diversos cartões de diversas entidades com vantagens associadas, pelo que nos é impossível de enumerar todos neste artigo. Por isso, iremos dar como exemplo os cartões de crédito da WiZink.

A sua adesão é bastante simples e rápida e, por vezes, pode fazê-la num centro comercial, visto terem vários pontos de venda espalhados por Portugal.

Vantagens do cartão de crédito:

  •   Aprovação simples, rápida e fácil;
  •   Facilidade nas opções de pagamento;
  •   Limites de crédito bastante elevados;
  •   Créditos sem juros até 45 dias;
  •   Sem anuidade (nem todos);
  •   Possui seguros extra, tal como seguro de viagem;
  •   Promoções, descontos e vantagens em várias lojas.

Desvantagens do cartão de crédito:

  • ❌ Juros mais elevados em relação a um crédito tradicional;
  • ❌ Se não for bem utilizado pode levar ao endividamento financeiro;
  • ❌ Não serve para créditos de valores muito elevados.

Em suma, estes cartões acabam por ter programas de pontos associados, descontos em lojas e seguros gratuitos. Contudo, a TAEG é bastante superior que num crédito normal.

Logo, se o seu objetivo for liquidez momentânea para saldar dívidas, talvez este não seja o melhor caminho a seguir.

Conclusão

Tal como viu, conseguir um crédito urgente de 1000 euros não é tão complicado como poderá parecer. Nos dias de hoje podemos recorrer a várias entidades financeiras para nos ajudar no acesso ao crédito das mais diversas formas possíveis.

Consiga o Melhor Crédito!
Avaliação Grátis 100% Online Sem Compromissos
RECOMENDADO
Simular Já

Não obstante, apesar de um crédito de 1000 € ser de um valor bastante baixo, o mesmo apenas deve ser solicitado em caso de necessidade extrema.

Assim, nós no Kredito aconselhamos os nossos leitores a:

  • Saber qual é a sua taxa de esforço (simular aqui). Quanto maior a sua taxa de esforço maior é o risco de incumprimento. Evite taxas de esforço acima de 35%;
  • Se tiver em incumprimento bancário tente regularizar a situação antes de solicitar um novo empréstimo. Se não o fizer, facilmente o seu crédito será rejeitado;
  • Peça somente o necessário e contrate o crédito com o prazo de pagamento mais curto possível;
  • Se a liquidez que necessita tiver como destino obras, férias, compra de móveis, saúde ou automóveis procure um crédito que tenha essas finalidades. As taxas de juros serão mais baixas;
  • Faça diversas simulações em diversas entidades até encontrar o crédito mais barato para as suas necessidades; O crédito mais barato é o que tiver o MTIC mais baixo.
  • Tenha todos os documentos necessários do seu lado antes de solicitar o empréstimo de 1000 €. Se assim o fizer, irá ajudar a acelerar todo o processo;
  • Por fim, para sua segurança, evite pedir crédito a entidades que não sejam certificadas pelo Banco de Portugal. Se tiver dúvidas sobre quais são consulte aqui a lista.